Online

Temos 36 visitantes em linha


Reprodutor de Música (Abre numa nova janela)

ipv6 readyipv6 ready

O site Rickyunic World™ já pode ser acedido pelo protocolo IPv6

Patrocinadores

Sponsors: Internacional Área Sponsors: IA Farma

Crianças Índigo PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Avaliação: / 332
FracoBom 
Índice do artigo
Crianças Índigo
Crianças Índigo - Tipos de Índigos
Crianças Índigo - Identificar
Identificar os Adultos Índigos
Ver todas as páginas

Crianças Índigo é uma teoria que acredita numa nova geração de crianças com características e habilidades especiais, tais como maior sensibilidade, questões ético-morais e habilidades sociais mais desenvolvidas.


Esta teoria nasceu a partir da cor índigo que aparece associada à mente e à espiritualidade. Segundo alguns livros as crianças índigo estão envolvidas por uma aura azul-índigo que reflecte uma espiritualidade mais desenvolvida.

Crianças Índigo

Há cada vez mais um maior número de crianças que trazem características índigo (Inteligentes, sensitivas, intuitivas, perceptivas, são muito criativas, têm tendência hiperactivas, têm uma memória priveligiada (por vezes falam de vidas passadas)  e quando os assunto não lhes interessa podem apresentar caracteristicas de défice de atenção, mas se, contrariamente, um assunto lhes desperta a atenção, entregam-se e passam horas atentas e envolvidas.


As crianças Índigo têm uma estrutura cerebral capaz de utilizarem simultaneamente as potencialidade do hemisferio direito e do hemisferio esquerdo, fazendo com que consigam ir muito mais além do plano racional e intelectual, desenvolvendo capacidades espaciais, intuitivas, criativas e espirituais, por isso necessitam também de um ambiente propicio para desenvolverem todas as suas potencialidades.


(clique em «seguinte» para continuar a ler o artigo)



Segundo alguns investigadores, acredita-se que podem ser identificados quatro tipos de crianças índigo:

Os Humanistas que são muito sociais, fazem amizades com facilidade e conversam com toda a gente e distraem-se com facilidade. Profissionalmente os Humanistas poderão optar por serem médicos, advogados, professores, vendedores, executivos e politicos.

Os Conceptuais que estão mais voltados para projecto do que para pessoas. Assumem uma postura controladora; Se os pais não estiverem pelos ajustes e não permitirem esse controlo, eles vão à luta. Têm tendência para as drogas na fase da puberdade, caso se sintam rejeitados ou incompreendidos. Porfissionalmente os Conceptuais poderão optar por serem engenheiros, arquitetos, pilotos, projectistas, astraunautas e oficiais militares.

Os Artistas que são criativos em qualquer área a que se dediquem, podendo, virem a ser investigadores, músicos ou actores. Entre os 4 e os 10 anos poderão interessar-se por 15 diferentes áreas de conhecimento, largando uma e iniciando outra. Quando atingirem a puberdade, escolherão uma área definitivas. Profissionalmente os Artistas poderão optar por serem professores e artistas.

Os Interdimensionais que ente os seus 1 e 2 anos os pais não lhes poderão tentar ensinar nada, pois eles responderão que já sabem e que podem fazer sozinhos. Normalmente, porque são sobredotadas e com potencialidades espirituais invulgares.


Na seguinte lista pode observar alguns dos comportamentos mais comuns dos índigos:

  • Vêm ao mundo com um sentimento de realeza e frequentemente agem desta forma.
  • Têm um sentimento de "desejar estar aqui" e ficam surpresas quando os outros não compartilham isso.
  • Auto-valorização não é uma grande característica, frequentemente perguntam aos pais quem elas são, de onde vieram.
  • Têm dificuldades com autoridade absoluta sem explicações e escolha.
  • Simplesmente não farão certas coisas; por exemplo, esperarem quietas é difícil para elas.
  • Tornam-se frustradas com sistemas ritualmente orientados e que não necessitam de pensamento criativo.
  • Frequentemente encontram uma maneira melhor de fazer as coisas, tanto em casa como na escola, o que as faz parecer como questionadores dos sistemas (inconformistas com qualquer sistema).
  • Parecem anti-sociais a menos que estejam com outras do mesmo tipo.
  • Se não existem outras crianças com um nível de consciência semelhante à sua volta, elas frequentemente tornam-se introvertidas, sentindo-se como se ninguém as entendesse.
  • A escola é frequentemente difícil para elas do ponto de vista social.
  • Não respondem à pressão por culpa do tipo: "Espera até o teu pai chegar e descobrir o que fizeste!".
  • Não são tímidas quando precisam de fazer os adultos perceberem o que elas necessitam.

 

(clique em «seguinte» para continuar a ler o artigo)


Uma forma de identificar as crianças índigo é fazendo um pequeno teste:

- Trata-se de uma criança muito intuitiva (parece adivinhar as coisas) e traz consigo, desde a nascença, uma certa realeza comportando-se como tal?

- Sentem que merecem estar aqui e admiram-se quando outros não os reconhecem. Revelam-se bastante sensitivos (parecem observar, ver, ouvir e detectar acontecimentos, objectos e situações aparentemente impossíveis)?

- São muito sensíveis à música, à pintura, às paisagens grandiosas e sublimes, ao belo?

- Dizem, com naturalidade aos pais quem são e donde vêm e alguma vez referiram ter falado com anjos, Deus, extraterrestres ou outras entidades?

- Preocupam-se muito com questões humanitárias, a fome, as guerras, os problemas ambientais, com os animais abandonados ou maltratados?

- Gostam de ver programas sobre História, Religião e Arte na TV ou na Internet?

- Sentem-se frustrados com sistemas que obedecem a rituais e sem criatividade, apresentam outras formas de fazerem as coisas, tanto em casa como na escola, o que os torna rebeldes ou simplesmente desinteressados?

- Costumam desenhar figuras exóticas, seres extra-terrestres, figuras estranhas?

- Apreciam conversar sobre Deus, o princípio do Mundo, a Vida, os OVNIS, etc?

- Parecem ser anti-sociais, e, por vezes a escola é o local onde lhes é muito difícil socializar. Apreciam a solidão. Gostam de se fechar no quarto para ficar sozinhos?

- Têm dificuldade em aceitar uma autoridade absoluta. Falam ou escrevem sobre assuntos que parecem não ser para a sua idade e formação?


(Se respondeu Sim a mais de 4 perguntas, esteja atento pois poderá estar perante uma criança índigo por isso tente retirar dela mais informações, mas proceda com carinho e amor verdadeiro, porque estas crianças, devido à sua sensibilidade e capacidades extra-sensoriais, apercebem-se facilmente das suas intenções, sobretudo se estas não foram para seu bem. Como sabem elas trazem consigo um verdadeiro detector de mentiras e, intuitivamente, lêem os pensamentos das pessoas com quem tratam.)

 

(clique em «seguinte» para continuar a ler o artigo)


Para saber se é um adulto índigo analise as afirmações que se seguem:

- São muito criativos ainda que na escola não tenham tirado as melhores notas.

- Têm algumas características que fazem parte de crianças índigo.

- Apresentam alguns problemas de concentração e atenção (Sintomas de Desordem de falta de Atenção. Podem apresentar problemas para se concentrarem nas suas tarefas. Podem saltar de tema nas conversas (palestras, dissertações, etc.)

- Têm uma verdadeira empatia por algumas pessoas e sentem-se bem com pessoas que tenham a sua vibração, mas têm, também, uma profunda intolerância pela estupidez.

- São muito intuitivos, muito criativos e desfrutam fazendo coisas, mesmo que espalhem tudo à sua volta como um caos, sentem-se bem assim...mesmo que os outros reclamem da desordem.

- É difícil para eles fazerem um trabalho repetitivo e obrigatório e sobretudo na escola recusavam-se a fazê-lo.

- Vivem em constante mudança e têm, ainda hoje, problemas com a autoridade. Rejeitam, muitas vezes, a autoridade do professor ou mesmo dos pais quando procuravam impô-la. Questionaram-na e continuam questionando a autoridade.

- Aprendem rapidamente e quando acham que já sabem o suficiente aborrecem-se e desinteressam-se pelos assuntos?

- Se uma coisa ou um tema lhes interessa põem aí toda a sua atenção e não se importam de estar horas a fazer o mesmo.

- Na escola parecia que tinham “picos” e não paravam quietos, quando a matéria não lhes interessava, não lhe servia para nada ou achavam que já sabiam o suficiente sobre o assunto.

- Por vezes mostra ser extremamente sensíveis, ou emocionalmente instáveis, chorando ao mínimo motivo (sem protecção). Ou podem mostrar uma certa falta de emoção (protecção completa).

- Por vezes revoltam-se com certas coisas ou pessoas, parecendo que têm problemas com a Ira.

- Não compreendem e até se revoltam, ou irritam com os chamados sistemas ineficazes que consideram caducos: sistema político, educativo, médico, jurídico, etc.

- Sentem uma verdadeira irritação e ira quando privam dos seus direitos e detestam que os observem ou controlem os teus passos, ficam irritados quando alguém está sempre a observá-los e a criticá-los.

- Procuram o significado da vida e sentem uma vontade grande de mudar ou até melhorar o mundo aderindo, por vezes, à espiritualidade, a alguma religião ou a grupos ou livros de auto-ajuda.

- Tiveram alguma experiência psíquica, premonições (ver anjos, seres extrafísicos, fantasmas...) experiências fora do corpo, ouvir ruídos ou vozes, etc.

- É sensível à electricidade e por vezes os relógios não funcionam, as lâmpadas apagam-se quando passa por baixo deles, os aparelhos eléctricos funcionam mal ou queimam-se fusíveis ou rebentam lâmpadas...

- Já, alguma vez, tiveram consciência da existência de outras dimensões, de extraterrestres ou da existência de outras realidades paralelas.

- São muito expressivos sexualmente, mas também podem recusar a sexualidade por aborrecimento ou para conseguirem uma ligação espiritual mais elevada. Podem explorar tipos alternativos de sexualidade.

- Tiveram poucos ou nenhum exemplo índigo para imitar.

- Se conseguem encontrar o seu equilíbrio podem transformar-se em indivíduos muito realizados, fortes, sãos e felizes.

AddThis Social Bookmark Button
 

Comentários  

 
Santos Pereira
+3 #1 Santos Pereira 12-10-2011 14:57
Muito interessante o artigo!
Citar
 

Comentar

Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema, são publicados sem edição prévia e são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. O administrador do site reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários que:



- Forem escritos na sua totalidade em letras maiúsculas;

- Configurem qualquer tipo de crime de acordo com as leis do país;

- Sejam difamatórios, caluniosos, ofensivos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros;

- Reúnam informações (e-mail, endereço, telefone e outras) de natureza nitidamente pessoais do próprio ou de terceiros;

- Contenham qualquer tipo de material publicitário ou de merchandising, pessoal ou em benefício de terceiros.


Está a utilizar um telemóvel?Detectar Versão | Versão Móvel