Online

Temos 33 visitantes em linha


Reprodutor de Música (Abre numa nova janela)

ipv6 readyipv6 ready

O site Rickyunic World™ já pode ser acedido pelo protocolo IPv6

Patrocinadores

Sponsors: Internacional Área Sponsors: IA Farma

Home Saúde Sexual Doenças Sexuais Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST)
Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST) PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Avaliação: / 448
FracoBom 
Índice do artigo
Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST)
Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST) - SIDA
Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST) - SÍFILIS
Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST) - CANDIDÍASE
Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST) - GONORREIA
Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST) - HERPES GENITAIS
Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST) - HEPATITE B
Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST) - CHLAMYDIA
Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST) - PAPILOMAVÍRUS HUMANO
Ver todas as páginas

HEPATITE B

Definição: É uma doença causada por um vírus que ataca o fígado, sendo o sangue o principal meio de transmissão e depois a saliva. Se não for tratada, pode provocar a morte. O vírus sobrevive durante bastante tempo e é resistente a alguns desinfectantes.

Sintomas: Cerca de 1/3 das pessoas contaminadas com o vírus da Hepatite B, são assintomáticas. Quando presentes, os sintomas podem incluir febre, náuseas, dores musculares, fadiga, perda de peso e de apetite, vómitos e diarreia. A lesão do fígado pode provocar urinas escuras (cor "vinho do Porto") dores abdominais, e icterícia (olhos e pele amarelos). Diagnostica-se pela presença de anticorpos e/ou antigénios no sangue.

Prevenção: A abstenção de relações sexuais com uma pessoa infectada é o único meio 100% seguro de evitar o contágio por transmissão sexual. Os preservativos masculino e feminino ajudam a reduzir, mas não a eliminar totalmente o risco de contágio. Evitar partilha de seringas e cuidados ao manipular sangue ou objectos contaminados com sangue ou outros fluidos corporais infectados. A vacina é altamente recomendada, especialmente nas pessoas em situação de risco (pessoal de saúde, bombeiros, pessoas que convivam com infectados, etc.) e nos jovens sexualmente activos. Actualmente, em Portugal, é gratuita para as grávidas em situação de risco e para os jovens entre os 11 e 13 anos de idade. Pode ser administrada em qualquer pessoa (sem necessidade de testes) de qualquer idade, e consiste em três doses.

Formas de contágio: Sexo vaginal, oral e anal, através do sémen e secreções vaginais, suor, lágrimas e saliva. Transmissão ao feto pela mãe. Partilha de seringas contaminadas. Tatuagens ou piercing com instrumentos não esterilizados. Através de transfusões ou contacto com sangue contaminado.



 

Comentar

Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema, são publicados sem edição prévia e são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. O administrador do site reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários que:



- Forem escritos na sua totalidade em letras maiúsculas;

- Configurem qualquer tipo de crime de acordo com as leis do país;

- Sejam difamatórios, caluniosos, ofensivos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros;

- Reúnam informações (e-mail, endereço, telefone e outras) de natureza nitidamente pessoais do próprio ou de terceiros;

- Contenham qualquer tipo de material publicitário ou de merchandising, pessoal ou em benefício de terceiros.


Está a utilizar um telemóvel?Detectar Versão | Versão Móvel