Online

Temos 29 visitantes em linha


Reprodutor de Música (Abre numa nova janela)

ipv6 readyipv6 ready

O site Rickyunic World™ já pode ser acedido pelo protocolo IPv6

Patrocinadores

Sponsors: Internacional Área Sponsors: IA Farma

Home Saúde Sexual Doenças Sexuais Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST)
Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST) PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Avaliação: / 448
FracoBom 
Índice do artigo
Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST)
Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST) - SIDA
Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST) - SÍFILIS
Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST) - CANDIDÍASE
Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST) - GONORREIA
Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST) - HERPES GENITAIS
Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST) - HEPATITE B
Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST) - CHLAMYDIA
Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST) - PAPILOMAVÍRUS HUMANO
Ver todas as páginas

PAPILOMAVÍRUS HUMANO

Definição: Infecção por vírus, chamado HPV (Human Papiloma Virus). Há mais de noventa tipos de HPV já isolados. Alguns estão relacionados com as verrugas comuns da pele, outros com verrugas das regiões oral, anal e genital. Dentre os genitais existem dois grandes grupos chamados de alto risco (oncogénicos) e de baixo risco (não oncogénicos). O primeiro grupo está relacionado ao aparecimento de cancros (neoplasias malignas), mas o segundo não.

Sintomas: O sintoma mais evidente é a formação de verrugas, com o aparecimento de condilomas, que são verrugas tipo "couve-flor" que se desenvolvem no interior das zonas genitais, anais ou garganta. As da região oral e ano-genital são conhecidas como condiloma acuminado. Há porém lesões mais discretas, clinicamente pouco evidentes, denominadas, lesões subclínicas, que muitas vezes só são visualizadas com exames mais minuciosos.

Prevenção: A abstinência de relações vaginais e anais com uma pessoa infectada é o único meio 100% seguro. Os preservativos masculino e feminino ajudam a reduzir, mas não a eliminar totalmente o risco de contágio. Se a lesão estiver fora da área protegida pelo preservativo, não existe protecção. É importante lembrar do sexo oral que também transmite o vírus, por isto as lesões da boca são comuns.

Formas de contágio: Os vírus são transmitidos por contacto da pele infectada e com lesões com a pele de outra pessoa, sobretudo se houver um contacto intenso e que cause algum desgaste das camadas superficiais. Podem assim ser transmitidos durante o acto sexual, pois há atrito permitindo a inoculação, ou ainda através de contacto acidental não sexual. Também durante o parto normal o bebé pode ser infectado. É importante não esquecer que o sexo oral e anal também podem levar à transmissão do vírus e consequente aparecimento das lesões, não sendo incomum o aparecimento de condilomas nas regiões oral ou anal.

AddThis Social Bookmark Button


 

Comentar

Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema, são publicados sem edição prévia e são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. O administrador do site reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários que:



- Forem escritos na sua totalidade em letras maiúsculas;

- Configurem qualquer tipo de crime de acordo com as leis do país;

- Sejam difamatórios, caluniosos, ofensivos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros;

- Reúnam informações (e-mail, endereço, telefone e outras) de natureza nitidamente pessoais do próprio ou de terceiros;

- Contenham qualquer tipo de material publicitário ou de merchandising, pessoal ou em benefício de terceiros.


Está a utilizar um telemóvel?Detectar Versão | Versão Móvel