Tagged: infarmed

0

Novo medicamento para hepatite C disponível para hospitais

PUBLICIDADE   Um novo medicamento para tratamento de todos os genótipos da hepatite C está disponível para os hospitais do Serviço Nacional de Saúde (SNS). Segundo apurou a agência Lusa, o relatório de avaliação prévia do Infarmed indica que o novo medicamento (Glecaprevir + Pibrentasvir), do laboratório AbbVie, está indicado para o tratamento da infecção pelos vírus da hepatite C crónica em adultos. “Na avaliação económica, depois de negociadas as condições para utilização pelos hospitais...

0

Alerta contra a venda ilegal de fármacos para emagrecer na Internet

PUBLICIDADE   Aviso lançado pelo Infarmed A autoridade nacional do medicamento alertou para a venda ilegal na Internet e nas redes sociais de fármacos para emagrecer, advertindo as pessoas para que não os comprem ou consumam devido aos riscos para a saúde, anunciou a agência Lusa. Em causa estão medicamentos como o reductil, o clenbuterol, o liotironina e o efedrina, cuja “qualidade, segurança e eficácia não estão verificadas” e “há riscos para a saúde”. A...

0

Portal do Infarmed permite notificação rápida de reacções adversas a medicamentos

PUBLICIDADE Um novo portal da Autoridade Nacional do Medicamento (Infarmed) permite aos cidadãos e a profissionais de saúde notificar reacções adversas a medicamentos (RAM) em apenas cinco minutos, noticiou a agência Lusa. O novo portal RAM, já em funcionamento (http://www.infarmed.pt/web/infarmed/submissaoram), visa incentivar a notificação de reacções adversas e fortalecer a monitorização da segurança dos medicamentos. “É muito mais fácil de preencher, bastando apenas cinco minutos para colocar a informação mínima necessária para avaliar a reacção...

Ajude-nos adicionando o nosso site à sua whitelist do adblock. A publicidade ajuda-nos a oferecer-lhe informação livre e gratuita. Obrigado.

Já imaginou viver numa época onde toda a informação é manipulada?

Detectámos que está a utilizar um bloqueador de anúncios.

Por favor, considere adicionar o nosso site à sua lista de sites permitidos.

Os custos para manter um site activo são relativamente elevados.

Ao apoiar os sites independentes está a contribuir para o acesso à livre informação.

Obrigado!