Por que as portas dos WC’s públicos não vão até ao chão

Partilha nas redes:

Pelo menos uma vez na vida todos já usámos uma casa de banho pública. Não é o lugar mais agradável para fazermos uma visita. De forma geral, sentimo-nos incomodados pela falta de privacidade e pelo espaço reduzido.

Quando usamos uma casa de banho pública, notamos imediatamente que as portas não vão até ao chão. Isso parece estranho, considerando que a maioria das pessoas, se não todas, desejam privacidade para se aliviarem.

Existem algumas razões pelas quais as portas são assim. Se também tem essa curiosidade, não espere mais. Descobrimos que existem muitas razões para isso e são bastante sérias.

 

1. Podemos ver se alguém necessita de ajuda médica.
Se uma pessoa desmaia ou tem algum problema de saída que a deixou inconsciente, poderia levar muito tempo até que alguém percebesse. Assim, é mais fácil perceber se uma pessoa desmaiou.

Podemos ver se alguém necessita de ajuda médica

 

2. Podemos ver se está livre
Se não conseguirmos ver se está livre, podemos correr o risco de tentar abrir uma porta de uma casa de banho ocupada. Com esta abertura por baixo da porta, podemos ver se está livre ou não.

 

3. Há uma melhor ventilação com os odores
Numa casa de banho totalmente fechada, torna-se difícil desaparecer odores desagradáveis. Com aberturas em cima e baixo, o ar circula melhor e os maus odores desaparecem mais rapidamente.

 

RELACIONADO:  Por favor, NÃO abra este post. Faça-o por sua conta e risco!

 

4. O custo é mais barato
Portas até ao chão requerem uma construção mais precisa e o uso de mais material, o que aumenta o custo total. Para o proprietário de uma empresa, será mais económico comprar e aplicar portas com uma abertura em baixo.

 

5. Ajuda a impedir comportamentos prejudiciais
A falta de privacidade nas casas de banho públicas também impede que as pessoas tenham comportamentos que não deviam estar a fazer. Estas portas permitem um nível superior de vigilância e prevenção de comportamentos inadequados.

 

6. Ainda é possível sair se a maçaneta estiver bloqueada
Imagine que a maçaneta se estragava: se estivesse num local totalmente fechado e muito barulhento poderia passar várias horas até que alguém o conseguisse ouvir e ir ajudá-lo. Assim, poderá escapar facilmente rastejando por baixo da porta.

 

7. Pode pedir a alguém papel higiénico
Todos nós já conhecemos aquele momento terrível em que de repente percebemos que ficámos sem papel higiénico quando estamos na sanita. Se isso acontecer numa casa de banho pública, pelo menos pode pedir ao seu vizinho do lado para lhe passar papel higiénico. Se isso acontecesse num local totalmente fechado, ninguém poderia salvá-lo.

 

8. As pessoas demoram menos tempo na casa de banho e as filas movem-se mais rapidamente
Quando as portas não são totalmente fechadas, a falta de privacidade faz com que as pessoas sintam que necessitam de se despachar, o que acelera o tráfego.

 

RELACIONADO:  Os 10 melhores aeroportos do mundo em 2020

9. Facilita a limpeza dos pisos
Devido à grande utilização de casas de banho públicas, é necessário lavá-las e limpá-las várias vezes ao dia. Assim, é muito mais fácil e rápido limpar as casas de banho.

 

10. Em caso de fuga, a água não se acumula
Se houver uma fuga de água de um cano de rebentou, facilita a identificação deste acidente pelo pessoal da manutenção e também não se acumula dentro da casa de banho.

 

BÓNUS: Por que puxamos a porta para sair da casa de banho?

1. Não bate com a porta na cara de alguém que está a passar por fora
2. Evita que o corredor fique bloqueado e permite que as pessoas se movam mais rapidamente em caso de emergência
3. Evita que os cheiros desagradáveis cheguem ao exterior


4. Não pode ser bloqueado ou trancado por outra pessoas, mas é mais fácil bloquear a porta se o trinco estiver quebrado

E quando vamos à casa de banho, empurramos a porta:

1. Quando entramos na casa de banho podemos abrir a porta com o ombro para que não necessitemos de tocar na maçaneta da porta
2. Empurrar a porta ajuda e economizar tempo

E o leitor como se sente em utilizar WC’s públicos? Já reparou que as portas não são totalmente fechadas?

Partilha nas redes:

rickyunic

Um projecto com mais de 15 anos, onde apresento e abordo assuntos que me interessam a cada momento da vida. Desde humor, a saúde, passando pela tecnologia, a sexualidade e a espiritualidade. Tudo é válido neste espaço. Conto consigo para passar um bom momento a dois. Peace and Love. Carpe diem. Namastê.