Basta um cigarro por dia para aumentar significativamente o risco cardiovascular

PUBLICIDADE

 

Uma equipa de investigadores concluiu que basta fumar um cigarro por dia para que o risco cardiovascular aumente de forma muito significativa.

Esta conclusão foi o resultado de uma análise sistemática e meta-análise de 141 estudos já publicados com o intuito de calcular o risco de doença coronária e de acidente vascular cerebral (AVC) em fumadores de um, cinco e 20 cigarros por dia, em comparação com quem nunca tinha fumado.

A investigação liderada por Allan Hackshaw da Universidade College London, Inglaterra, deixou assim a mensagem que se os fumadores quiserem reduzir o seu risco de doenças cardiovasculares devem deixar de fumar de vez, em vez de reduzirem o consumo tabágico.

Os investigadores calcularam, após análise dos estudos, que fumar cerca de um cigarro por dia está associado a um aumento de 48% no risco de doença coronária e de 25% no risco de AVC nos homens. No entanto, quando se considerou factores que poderiam aumentar o risco cardiovascular, o mesmo subiu para 74% e 30%, respectivamente.

Para as mulheres, os resultados foram ainda mais negativos, com um aumento de 57% no risco de doença coronária e 31% de AVC nas que fumavam apenas cerca de um cigarro por dia. Igualmente, ao considerar-se factores que poderiam aumentas esse risco, a percentagem subiu para 119% e 46% respectivamente.

Ao compararem os riscos entre fumar poucos e 20 cigarros por dia, os investigadores observaram que fumar cerca de um cigarro por dia aumenta o risco de doença coronária e de AVC em 40 a 50% do que é associado a fumar 20 cigarros por dia.

Os investigadores concluem que uma grande proporção do risco de doença coronária e de AVC advém de fumar apenas um ou dois cigarros por dia. Sendo assim, advertem que qualquer suposição que defenda que fumar menos oferece protecção contra as doenças cardiovasculares não se verifica.

 

Via: Estudo publicado na revista “BMJ”, Photo by Irina Kostenich from Pexels, Artigo

PUBLICIDADE

Também poderá gostar de...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.