Os 12 principais “venenos” na alimentação, água e medicamentos

Partilha nas redes:

 

Sabe o que está a acontecer com o seu corpo neste momento? Alguns corpos estão sob ataque 24 horas por dia devido a produtos químicos que os fabricantes chamam de aditivos, conservantes ou até mesmo “aromas naturais”. Outras pessoas bebem água da torneira e pensam que o seu corpo vai filtrar todo o mortal flúor de sódio, cloro, adoçantes artificiais e produtos farmacêuticos manipulados em laboratório.

Depois há aqueles “consumidores” que realmente acreditam que os medicamentos prescritos não são tóxicos. Acham que os efeitos colaterais listados nos rótulos só acontecem a uma “selecção de poucas pessoas” que simplesmente não seguem as instruções do médico.

Então, como sabemos se o nosso corpo está sob ataque, o que está causando isso, e que sintomas ou sinais são sentidos?

O que os fabricantes alimentares usam para prolongar a vida útil de um produto também encurta a vida humana. Enquanto os produtos químicos evitam o mofo, bolor, fungos e bactérias, esses mesmos produtos químicos sufocam as suas células, queimam lentamente os tecidos moles dentro do seu corpo e atacam o seu sistema imunitário e nervoso.

Com o tempo, nem você nem o seu médico podem descobrir o que está errado. Nenhum teste de diagnóstico vai revelar a verdadeira fonte de crimes para a saúde que estão a ser cometidos.
Há um plano sinistro de 4 etapas que a maioria dos médicos usa, onde tudo o que você faz é uma cirurgia ou tomar medicamentos químicos para acabar com os sintomas, mas nunca curar o problema na sua origem.

Primeiro, o médico vai dizer-lhe que os seus problemas são genéticos e, portanto, “herdados” pela sua família. Segundo, vão prescrever alguns exames inúteis e terá de voltar ao médico novamente dentro de alguns dias (o que significa agendar mais visitas, a propósito). Terceiro, vão dar-lhe algumas opções para que você se sinta importante, mas todas as escolhas são invasivas, carregadas de produtos químicos e stressantes que acabam por deixar você mais doente. Em quarto lugar, vão prescrever vários medicamentos para que você pense que “alguma coisa” está a ser feita pela sua miséria, mas, novamente, você está errado.

Então qual é o problema? Quase todos os problemas de saúde estão relacionados a alguma forma de consumo. Aqui estão os 12 principais “venenos” na comida, água e medicamentos – e quais as funções do corpo que atacam.

1) Óleo de Canola
Coagula no sangue, causando problemas cardíacos, ganho de peso, perda de memória e, eventualmente, demência.

2) Fluoreto na água da torneira
Elimina o cálcio dos seus ossos, tornando-os mais frágeis ao longo do tempo, calcifica a sua glândula pineal (o “terceiro olho”) e diminui o QI (Quociente de Inteligência). O flúor na água da torneira também é um insecticida que causa cancro.

3) Mercúrio nas vacinas da gripe
O mercúrio é o elemento não radioactivo mais tóxico do planeta. Ataca o sistema nervoso central. Nenhuma quantidade de mercúrio é segura para entrar no corpo humano. Há 25 mcg (microgramas) de mercúrio numa vacina comum da gripe, e o limite de segurança da EPA (Agência de Protecção Ambiental dos Estados Unidos) é de 5 microgramas, portanto as crianças que são vacinadas simultâneamente com múltiplas vacinas podem receber mais de 10 vezes o limite de segurança de mercúrio num só dia.

4) Antibióticos
Destrói todas as bactérias, as boas e as más, incluindo a flora vital do sistema imunitário.

5) Benzonato de Sódio
É um conservante que ataca a cauda da proteína que envolve as suas mitocôndrias (células) e impede que elas recebam oxigénio. Isso leva à morte celular programada e, eventualmente ao cancro no cérebro.

6) Aspartame
Ataca o sistema nervoso central, causando extrema ansiedade, convulsões, depressão e também provoca o aumento de peso. Considerado um narcótico do tipo 2 pela FDA.

7) Glutamato Monossódico (MSG)
Ataca as células cerebrais e os padrões de respiração, causando enxaquecas severas, vómitos, ataques de asma e danos cerebrais em bebés. O glutamato monossódico também é comum em vacinas.

8) Glifosato – ingrediente chave do herbicida da marca Roundup
Ataca o sistema imunitário, esgotando os nutrientes e impedindo que o corpo os absorva pelas paredes intestinais. Quase 200 milhões de quilos são despejados em solo americano a cada ano. Agora é encontrado na maioria dos alimentos convencionais e na água da torneira.

9) Lixívia – pão branco, massa branca, açúcar branco, farinha branca, etc.
Corrói o tecido epitelial (mole) do pâncreas, bexiga e próstata, provocando cancro em áreas corroídas.

10) Cultivos OGM e produções
Os OGM’s contêm pesticidas no seu ADN que destroem as boas bactérias no intestino humano, debilitando o sistema imunitário, e também afectam a cognição e o sistema nervoso central, levando à demência (incluindo Alzheimer e Parkinson), ansiedade e depressão.

11) Soja não fermentada
Consumir soja não fermentada de uma forma regular, seja orgânica ou não (frequentemente encontrada em fórmulas infantis), causa flutuações severas nos níveis de estrogénio, levando a tumores cancerígenos.

12) Corantes alimentares
Quase todos os corantes alimentares convencionais são sintéticos, à base de petróleo e causam alergias, hiperactividade em crianças e, eventualmente, cancro.

A sua vida fica mais curta, o seu bem-estar fica prejudicado, a sua longevidade é minimizada, enquanto maximiza as suas despesas. E adivinhe que tipo de comida servem nos hospitais quando você está doente por causa destas 12 toxinas? Sim, acertou.

 

RELACIONADO:  Cápsulas de detergente motivaram 68 intoxicações em Portugal em 2017

BioBran

O BioBran MGN-3 é um suplemento alimentar de farelo de arroz tratado com um processo exclusivo e patenteado.

Os efeitos de melhoria imunológica do BioBran MGN-3 tem uma acção rápida e surgem em apenas alguns dias.

O BioBran MGN-3 aumenta a actividade dos linfócitos – células B, células T e especialmente as células NK (células naturais assassinas). As células B produzem anticorpos enquanto as células T e NK destroem as células infectadas por vírus ou bactérias e as células que se tornaram cancerígenas. Durante o seu ciclo de vida uma única célula pode matar até 27 células cancerígenas.

Biobran MGN-3

 

[via]

Partilha nas redes:

rickyunic

Um projecto com mais de 15 anos, onde apresento e abordo assuntos que me interessam a cada momento da vida. Desde humor, a saúde, passando pela tecnologia, a sexualidade e a espiritualidade. Tudo é válido neste espaço. Conto consigo para passar um bom momento a dois. Peace and Love. Carpe diem. Namastê.

Também poderá gostar de...