Lava o frango cru antes de cozinhar? Saiba se deve fazê-lo

Partilha nas redes:

Historicamente, equiparamos a lavagem à limpeza. Lavamos roupas, lençóis, carros, louças e até nós próprios. Portanto, é lógico que muitas pessoas acreditem que a carne e as aves podem ficar mais limpas e seguras para consumo se forem lavadas. Isso é verdade?

Lavar o frango cru antes de o cozinhar pode aumentar o risco de intoxicação alimentar por bactérias campylobacter.

Não é recomendável lavar carnes de aves, bovino, porco, cordeiro ou vitela crus antes de cozinhar.

Salpicos de água da lavagem do frango com água da torneira podem espalhar bactérias nas mãos, bancadas da cozinha, roupas, equipamentos e chão.

As gotas de água podem viajar mais de 50cm em todas as direcções. Apenas algumas células de campilobactérias são necessárias para causar uma intoxicação alimentar.

Campilobacteriose é a causa mais comum de intoxicação alimentar nos Estados Unidos. A maioria dos casos de infecção pela bactéria campylobacter provém de aves domésticas. Cerca de 50% do frango vendido transporta estas bactérias.

A infecção por esta bactéria pode causar dor de barriga, diarreia severa e, às vezes, vómitos. Em certos casos, no entanto, também pode levar ao síndrome do intestino irritável, artrite reactiva e síndrome de Guillain-Barré.

Cozinhar (assar, cozer, ferver ou grelhar) na temperatura certa mata as bactérias, portanto não é necessário lavar os alimentos.

 

RELACIONADO:  Alimentação humana que pode dar ao seu gato - saiba o que é seguro para eles

Para prevenir a infecção por campilobactérias deve:

1. Tapar e refrigerar o frango cru
Tape o frango cru e guarde-o na zona mais baixa do frigorífico para que os sucos não pinguem sobre outros alimentos e os contaminem.

2. Não lave frango cru
Cozinhar mata qualquer bactéria presente, incluindo a campilobactéria, enquanto que lavá-lo pode espalhar germes e bactérias através dos salpicos da água.

3. Lave os utensílios usados
Lave e limpe cuidadosamente todos os utensílios, tábuas e superfícies usadas para preparar frango cru. Lave bem as mãos com sabão e água morna após manusear o frango cru. Isso ajuda a parar a propagação da campilobactéria.

4. Cozinhe bem o frango
Certifique-se que o frango esteja bem cozinhado antes de o servir. Corte a parte mais grossa da carne para verificar se está devidamente cozinhada, sem apresentar uma tonalidade rosa ou sucos claros.

5. Nunca reutilize as embalagens de carne crua
Os materiais utilizados para o transporte da carne crua também podem causar contaminação cruzada. Nunca os reutilize para outros alimentos. Esses e outros materiais de embalagens descartáveis, como cuvetes de carne, caixas de ovos ou embalagens de plástico, devem ser descartados.

Partilha nas redes:

rickyunic

Um projecto com mais de 15 anos, onde apresento e abordo assuntos que me interessam a cada momento da vida. Desde humor, a saúde, passando pela tecnologia, a sexualidade e a espiritualidade. Tudo é válido neste espaço. Conto consigo para passar um bom momento a dois. Peace and Love. Carpe diem. Namastê.

Também poderá gostar de...