Quantcast

[Poema] No dia em que me perdi

No dia em que me perdi, e não sei onde me deixei.

Nesse dia como tantos outros da minha existência terrena, depois de tantas dificuldades e emoções vividas, experimentadas, choradas e sentidas…

Nesse dia, que não sei qual foi, um dia algures no meio do caminho, eu perdi-me. Nem sei quando, nem onde. Só sei que procuro, procuro e não me encontro…

Anda, tenho saudades tuas, do teu sorriso, do teu olhar puro, da tua compaixão, ingenuidade…

Anda, procuro-te bem lá no fundo do meu ser, mas não te encontro… onde estás tu? Estas perdida? Grita-me, vem, eu preciso de ti. Não me abandones aqui sozinha. Sinto-me perdida e nua… faltas-me tu!

Leia também:  [Poema] Um grito

Não sei quando te irei encontrar, mas continuo na solidão desta aventura terrestre, sem desistir.

Acredito que um dia, talvez do outro lado, te vou encontrar e, tu e eu, vamos conectar-nos e sermos apenas uma. A minha metade, que não passa de eu mesma. A minha versão de mim completa, na luz e em paz!

 

Até já…

0 0 VOTOS
Avaliação do artigo
🔥 Sugestões:

Serena

Uma viajante entre dimensões, inconsciente das suas verdadeiras capacidades e propósitos. Sempre em busca do equilíbrio neste estado da vida onde me encontro.

Também poderá gostar de...

0 0 VOTOS
Avaliação do artigo
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários