Quantcast

[POEMA] Sou uma esperança perdida e um sonho partido

A chuva cai lá fora, neste dia escuro e triste.
Olho directamente para o céu,
perdido nos meus pensamentos e no tempo,
enquanto as sementes da vida estão a ser plantadas.
Penso no perigoso e irresistível futuro,
morrendo de vontade de acreditar no amanhã melhor.

Corro contra o tempo,
mas sinto que me rouba a vida.
Morro com vontade de viver,
esta vida que deixou de ter tempo.

Perdi-me no tempo da vida.
Perdi-me na esperança e na fé de um amanhã melhor.
Perdi-me nos gritos que ecoam nos meus ouvidos,
tão alto que me estão a deixar louco.

A tempestade ainda está para vir,
e o destino já falhou muitas vezes.
Sinto-me perdido no tempo…
Estou perdido no tempo da vida.

Abro os olhos e estou a cair,
procurando os sinais da vida.
E a única coisa que encontro,
é a voz que ecoa aos gritos dentro de mim.

Leia também:  [Poema] No dia em que me perdi

Sou uma esperança perdida e um sonho partido.
É tudo o que há em mim.
É tudo o que há em nós.

Estamos perdendo o tempo.
Estamos perdendo a vida.
Perdi o tempo e a minha vida está a passar.
A mentira de uma vida.

Se eu vivesse para sempre,
esse sentimento nunca morreria.
Vivo com vontade de morrer.

 

O Anjo da Noite

5 1 voto
Avaliação do artigo
🔥 Sugestões:

Anjo da Noite

Entrego-me à dança das palavras. Cada poema é uma viagem ao coração noturno da alma, onde as estrelas são as minhas testemunhas silenciosas. Um amante da noite, pintando os sonhos com versos e guiando as almas pela magia das letras.

Também poderá gostar de...

5 1 voto
Avaliação do artigo
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários