Quantcast

Ame-se a si próprio primeiro, neste Dia dos Namorados

Este dia, geralmente vem com muita pressão e expectativa sobre como o dia deve ser, estejamos num relacionamento ou não. Para alguns, o Dia dos Namorados pode ser uma dura lembrança do seu status de solteiro.

As lojas e supermercados têm prateleiras imensas com bonecos de peluche, caixas de bombons em forma de coração, cartões para enviar àquela pessoa especial, enfim… o Dia dos Namorados exige que o consumismo seja celebrado. Este dia parece basear-se em dar presentes, dinheiro e tempo a outra pessoa como disfarce de “amor”.

Numa sociedade onde o romance e encontrar o amor verdadeiro são frequentemente definidos como a chave para a felicidade (ou uma das), ser solteiro torna-se sinónimo de viver uma vida insatisfatória. Um conceito importante que não recebe a devida importância e atenção neste dia é o amor próprio.

Ao longo dos anos fomos condicionados a olharmos para fora de nós próprios à procura de todas as coisas realmente importantes na vida, particularmente, o amor puro e incondicional.

Estou convicto que até que nos tornemos a nossa própria fonte constante de amor, acabaremos nos relacionamentos errados, procurando constantemente outra pessoa para nos dar todas as coisas que ainda não fomos capazes de darmos a nós próprios.

Ser solteiro no Dia dos Namorados é diferente e difícil, mas o amor-próprio é essencial. Considere presentear-se com todas as coisas que deseja receber ou vivenciar. Quando nos começamos a valorizar, as pessoas na nossa vida começam naturalmente a mostrar-se de uma forma diferente, também reconhecendo o nosso valor. Permita-se deleitar-se com o seu brilho e mime-se com toda a grandeza que anseia e merece.

Leia também:  O Homo Sapiens terá atingido o seu máximo potencial?

Nunca subestime o poder e o valor de cultivar o relacionamento que tem consigo próprio. O amor próprio gera confiança, sucesso e alegria dentro de nós próprios. Com ele, vem o grande poder da luz em todos os cantos da sua vida e é a chave para criar relacionamento saudáveis e duradouros com outras pessoas.

Escreva para si um bonito bilhete de amor, compre um presente que o emocione e honre o tempo que reservou para amar e cuidar da perfeição inestimável que você é.

Embora o amor próprio não seja um tema comum no Dia dos Namorados, certamente ainda é importante, especialmente se estiver solteiro. O amor não precisa de ser algo recebido de outra pessoa. Ser merecedor de amor não requer a validação dos outros. O amor não está reservado para quem tem alguém para amar. O amor próprio, esteja num relacionamento ou solteiro, deve tornar-se central nas comemorações do Dia dos Namorados.

Leia também:  7 cristais obrigatórios na sua colecção e o seu poder de cura

Ame-se primeiro. Seja a sua prioridade!

 

Este artigo foi útil? Partilhe-o com os seus amigos e familiares.
Por cada partilha, 10 pontos serão adicionados ao seu Karma 😉  

0 0 VOTOS
Avaliação do artigo
🔥 Sugestões:

rickyunic

Um projecto com mais de 19 anos, onde apresento e abordo assuntos que me interessam a cada momento da vida. Desde humor, a saúde, passando pela tecnologia, a sexualidade e a espiritualidade. Tudo é válido neste espaço. Conto consigo para passar um bom momento a dois. Peace and Love. Carpe diem. Namastê.

Também poderá gostar de...

0 0 VOTOS
Avaliação do artigo
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários