Quantcast

O incenso melhora o humor e acalma o espírito

Há milhares de anos, resinas perfumadas de olíbano e mirra (sim, aquilo que os Reis Magos deram ao menino Jesus) eram negociadas como moeda, muitas vezes com valor muito mais alto do que prata ou ouro.

No antigo Egipto, o olíbano era procurado como repelente de insectos, perfume, pomada para feridas e incenso aromático que era queimado em oferendas aos deuses. Os gregos e os romanos importavam essas resinas como incenso pela Rota da Seda para uso em rituais de cremação e outros cultos cerimoniais.

Na mesma época, os índios Americanos também adoptaram o costume de queimar ervas, principalmente sálvia, para limpar e purificar as suas casas e espaços de rituais. Embora o Cristianismo inicialmente rejeitasse o incenso devido à sua associação com a adoração pagã, as igrejas começaram a adoptá-lo como parte integrante da adoração. Embora o incenso já não seja comercializado com o mesmo calor do ouro, ainda continua a ser procurado pelos seus benefícios emocionais, espirituais e físicos.

A ciência por trás dos aromas
Há uma razão para os humanos serem atraídos pelo cheiro do incenso. Num estudo de 2008, publicado no The FASEB Journal, os cientistas descobriram que queimar resina de boswellia (também conhecida como olíbano, um dos ingredientes mais populares para incenso) activa canais no cérebro que reduzem a ansiedade e melhoram o humor. Por outras palavras, o olíbano é um antidepressivo natural suave.

A fragrância sempre teve uma conexão poderosa com a memória e com as emoções, e é por isso que o cheiro de incenso pode ter um efeito tão forte na nossa mente.

Leia também:  11:11 - Também vê horas repetidas? Saiba o que significa

Processamos os cheiros que chegam através dos bulbos olfactivos que têm conexões directas com a amígdala e o hipocampo, duas partes do nosso cérebro fortemente associadas à memória.

Como guardamos as impressões dos aromas com os seus dados olfactivos, tudo o que precisamos para accionar uma lembrança é cheirar o aroma. Essa associação pode acontecer com perfumes, incensos ou quaisquer outras formas de fragrâncias.

Como queimar incenso para o ritual de bem-estar
Os efeitos sensoriais e terapêuticos do incenso tornam-no uma ferramenta poderosa para o bem-estar, embora o seu perfume seja menos potente do que os óleos essenciais em termos de aromaterapia.

O jasmim é conhecido por aliviar a depressão e pode ser usado logo pela manhã, para começar o dia mais alegre. A canela aumenta a energia e é excelente para ser usada como um estímulo a meio do dia. O olíbano e o almíscar restaram a sensação de calma e paz e são adequados para o final do dia.

Cada planta evoca emoções e sensações diferentes, dependendo dos aromas que libertam.

Para usar incenso como parte de uma prática diária, apenas encontre alguns momentos de silêncio, talvez para juntar a uma meditação ou apenas para uma pausa mental num dia de trabalho mais agitado. E em pouco tempo sentirá a calma e paz que o seu cérebro associará a esse incenso.

Qualidade acima de quantidade
Ao queimar incenso, é importante estar atento à segurança. Se estiver a usar incenso natural de alta qualidade num espaço bem ventilado, não deverá ter nenhum problema com a quantidade de fumo produzido. Procure marcas de incenso confiáveis. E não sinta necessidade de queimar incenso o dia todo. Mesmo meio pau de incenso, como parte de um ritual diário, é suficiente para iluminar ou centrar o seu humor.

Leia também:  Qual é o significado da vida? 9 formas de encontrar o significado da vida

Partilhe connosco quais são os seus incensos favoritos.

Espero que tenha gostado deste artigo escrito com ❤️ amor. Partilhe-o com a sua família e amigos.

5 1 voto
Avaliação do artigo
🔥 Sugestões:

rickyunic

Um projecto com mais de 19 anos, onde apresento e abordo assuntos que me interessam a cada momento da vida. Desde humor, a saúde, passando pela tecnologia, a sexualidade e a espiritualidade. Tudo é válido neste espaço. Conto consigo para passar um bom momento a dois. Peace and Love. Carpe diem. Namastê.

Também poderá gostar de...

5 1 voto
Avaliação do artigo
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários