Diabetes: tratar da saúde oral é importante

Partilha nas redes:

 

Um novo estudo demonstrou que os indivíduos com diabetes de tipo 2 que cuidam da sua saúde oral demonstram possuir melhores níveis de glicose no sangue.

Conduzido por uma equipa de investigadores liderados por Miquel Viñas, docente de Microbiologia da Universidade de Barcelona, Espanha, o estudo sublinhou a importância da higiene oral nos indivíduos que têm a doença.

Estudos anteriores já tinham demonstrado existir uma relação bidirecional entre a diabetes de tipo 2 e as doenças periodontais, ou seja, quem tem diabetes corre um maior risco de desenvolver doenças periodontais e vice-versa.

Para o estudo, a equipa de investigadores recrutou 90 adultos que apresentavam uma média de 7,7% nos níveis de hemoglobina A1c (HbA1c), o que perfaz um diagnóstico de diabetes de tipo 2.

Os participantes foram aleatoriamente divididos em dois grupos e instruídos para seguirem um dos seguintes tratamentos durante seis meses.

Um dos grupos recebeu instruções de saúde oral e destartarização e alisamento radicular, que é uma forma de limpeza profunda não-cirúrgica que remove tártaro e placa da superfície dos dentes e debaixo das gengivas. O outro grupo serviu como controlo e recebeu instruções de saúde oral e remoção do tártaro e placa acima da linha das gengivas.

Os níveis de HbA1c, de glicemia plasmática em jejum e os níveis de bactérias orais foram medidos três e seis meses após o início do estudo.

RELACIONADO:  Açúcar ou adoçantes artificiais: qual consumir?

Como resultado, foi observado que o grupo que recebeu a limpeza profunda revelou melhorias significativas nos níveis de glicemia plasmática em jejum e de HbA1c, enquanto os participantes do grupo de controlo não registaram melhorias. Na maioria dos casos, as melhorais observadas corresponderam a diferenças nos níveis de bactérias orais.

Os investigadores concluíram assim que os pacientes com diabetes de tipo 2 poderão manter melhores níveis de glicose no sangue com uma boa higiene oral e com consultas regulares no dentista.

 

Via: Estudo publicado na “The Journal of Clinical Periodontology”, Photo by Daniel Frank from Pexels , Artigo

Partilha nas redes:

rickyunic

Um projecto com mais de 15 anos, onde apresento e abordo assuntos que me interessam a cada momento da vida. Desde humor, a saúde, passando pela tecnologia, a sexualidade e a espiritualidade. Tudo é válido neste espaço. Conto consigo para passar um bom momento a dois. Peace and Love. Carpe diem. Namastê.

Também poderá gostar de...