A verdade sobre o flúor – os perigos de intoxicações

Photo by William Warby on Unsplash
Partilha nas redes:

O flúor sempre foi retratado como o remédio para todos os males dentários. No entanto, hoje, é considerada uma das substâncias mais tóxicas e o perigo que pode provocar é real. As pessoas acreditam que através da utilização de pasta de dentes sem flúor, podem evitar os danos que esta substância pode causar.

No entanto, a ameaça do flúor está em toda a parte. Não são apenas as pastas de dentes que contêm esta substância tóxica. Suplementos alimentares, água engarrafada e até fórmulas de produtos infantis contêm flúor. É essencial que as pessoas tenham mais cuidado com os produtos que escolhem para si e para toda a família de forma a não sofrer os danos nocivos do flúor.

 

Os perigos do flúor para a saúde

O flúor pode prejudicar a saúde de várias formas. Estudos tem mostrado que o flúor pode causar os seguintes problemas:

  • Infertilidade – uma dose alta de flúor pode destruir o sistema reprodutivo dos homens. Danifica o esperma, o que aumenta as hipóteses de infertilidade.
  • Danos cerebrais – o flúor tem a capacidade de interferir na funcionalidade do cérebro. É uma das substâncias químicas que permitem o desenvolvimento de neurotoxicidade. Esta substância acumula-se no cérebro e, por sua vez, o comportamento mental é alterado, afectando também a aprendizagem.
  • Afecta a função da tiróide – o flúor afecta a função da tiroide e para pessoas que têm hipertiroidismo, a exposição a esta substância pode causar uma redução na actividade da glândula da tiroide.
  • Menor QI – muitos estudos mostram que a exposição ao flúor está muito associada à redução do QI (quoficiente de inteligência).
  • Artrite – os sintomas da artrite podem ser causados pela exposição ao flúor.
  • Puberdade precoce – a glândula pineal também pode ser afectada por esta substância tóxica porque o flúor acumula-se nesta glândula. O flúor pode reduzir a produção de malatonina, o que pode levar à puberdade precoce.
  • Danos ósseos – o desenvolvimento de defeitos ósseos torna-se mais provável. A fluorose dentária, juntamente com fracturas ósseas frequente, é alta em países onde a exposição ao flúor é comum.
  • Fractura do quadril nos idosos – A susceptibilidade a fracturas do quadril é aumentada pelo flúor. Originalmente, esta substância era usada para tratar a osteoporose, na tentativa de endurecer os ossos. No entanto, em vez de endurecer os ossos, levou a um maior número de fracturas.

O flúor pode prejudicar o corpo de várias formas. Com isso, os seus perigos são mais reais do que nunca. No entanto, o lado bom é que existem várias formas de desintoxicar o corpo do flúor.

 

RELACIONADO:  9 coisas que matam o seu colagénio natural

Desintoxicar o corpo do flúor

1. Reduzir a ingestão de flúor
A melhor forma de desintoxicar o flúor do corpo é através de uma menor ingestão de produtos que contenham esta substância. Pare de consumir água fluoretada e pare de utilizar pasta de dentes com flúor.

2. Comer tamarindos
Se possível, coma tamarindos, sendo que é uma forma natural e excelente de desintoxicar o flúor do corpo. O consumo de tamarindos eleva a excreção de flúor através da urina.

3. Comer alimento ricos em boro
O boro é um mineral natural encontrado em vários alimentos. Serve como uma excelente desintoxicação de flúor para as articulações e ossos. Pode efectivamente remover o flúor do corpo através da excreção de urina. Alimentos como o abacate, avelãs, uvas passas, ameixas, amêndoas, tâmaras são ricos em boro.

4. Consumir mais iodo
O uso de iodo como desintoxicante do flúor beneficia principalmente a tiróide. Segundo vários estudos, o flúor é eliminado pelo iodo. O flúor interfere com a absorção de iodo na tiróide, que por sua vez prejudica esta glândula. Através de um maior consumo de iodo, o flúor é eliminado através da urina.

 

O flúor é um grande perigo para a saúde geral. Não segmente apenas uma área. Em vez disso, muitas partes do corpo são gravemente afectadas. Felizmente para pessoas preocupadas com a sua saúde, é possível evitar os perigos para a saúde e desintoxicar o corpo desta substância.

 

RELACIONADO:  21 usos surpreendentes da água oxigenada

[VIA]

Partilha nas redes:

rickyunic

Um projecto com mais de 15 anos, onde apresento e abordo assuntos que me interessam a cada momento da vida. Desde humor, a saúde, passando pela tecnologia, a sexualidade e a espiritualidade. Tudo é válido neste espaço. Conto consigo para passar um bom momento a dois. Peace and Love. Carpe diem. Namastê.

Também poderá gostar de...