Quantcast

Psoríase: severidade associada a maior risco de diabetes tipo 2

 

Um novo estudo revelou que os pacientes com psoríase apresentam um risco acrescido de desenvolverem diabetes de tipo 2.

Conduzido por uma equipa de investigadores da Faculdade de Medicina Perelman da Universidade da Pensilvânia, EUA, o estudo demonstrou ainda que o risco aumenta substancialmente com a severidade da psoríase.

Para o estudo, Joel M. Gelfand e equipa basearam-se numa base de dados de saúde britânica que continha informação, ao longo de quatro anos, sobre 8.124 adultos com psoríase e 76.599 adultos sem a doença.

Os investigadores usaram as medidas da área de superfície corporal dos participantes que consiste na medida da percentagem do corpo coberto pela psoríase para determinarem a severidade da doença.

A equipa observou que os participantes com uma área de superfície corporal de 2% ou menos apresentavam um risco maior de desenvolverem diabetes de tipo 2 em relação aos indivíduos sem psoríase.

O risco de diabetes era maior à medida que a severidade da doença aumentava. Assim, foi determinado que nos indivíduos com mais de 10% de área de superfície corporal, o risco de diabetes aumentava dramaticamente para 64% em relação a quem não sofria de psoríase.

Leia também:  Cenário alimentar em Portugal “é catastrófico” e ameaça SNS

Em cada aumento adicional de 10% na área de superfície corporal, para além dos iniciais 10%, foi observado que o risco de diabetes de tipo 2 aumentava mais 20%, o que se traduz em quase 84% em quem apresentava uma área de superfície corporal de 20% coberta por psoríase, em 104% em quem tinha uma área de superfície corporal de 30% coberta por psoríase, e assim sucessivamente.

Estes achados foram independentes de outros factores de risco tradicionais para a diabetes de tipo 2. Face aos resultados, Joel M. Gelfand considera que existe uma forte possibilidade de uma relação causal entre a psoríase e a diabetes de tipo 2 e recomenda que se meça com regularidade a área de superfície corporal dos pacientes com psoríase.

 

Estudo publicado na revista “Journal of the American Academy of Dermatology”

 

via

0 0 VOTOS
Avaliação do artigo
🔥 Sugestões:

rickyunic

Um projecto com mais de 19 anos, onde apresento e abordo assuntos que me interessam a cada momento da vida. Desde humor, a saúde, passando pela tecnologia, a sexualidade e a espiritualidade. Tudo é válido neste espaço. Conto consigo para passar um bom momento a dois. Peace and Love. Carpe diem. Namastê.

Também poderá gostar de...

0 0 VOTOS
Avaliação do artigo
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários