ZzZzZz… os gatos sonham?

Photo by Francesco Ungaro from Pexels
Partilha nas redes:

Os gatos dormem a maior parte do dia, por isso é natural que pergunte: os gatos sonham? Provavelmente já notou as pálpebras, bigodes ou até mesmo os membros do seu gato a se contorcer enquanto dormia. São tudo sinais clássicos de sonhar. Mas com que os gatos sonham? Vamos explorar.

 

Os gatos sonham? SIM!

Os gatos dormem muito – de 12 a 18 horas por dia. A maioria dos gatos domésticos são mais activos ao anoitecer e ao amanhecer. O resto do dia (e grande parte da noite) os gatos domésticos estão a dormir.

Surpreendentemente os gatos desafiam a noção comum de que é impossível dormir e acordar simultâneamente. Eles são capazes de dormir enquanto estão sentados, e o olfacto e a audição podem permanecer activos durante a maior parte do sono.

 

Como sabemos que os gatos sonham?
Sabemos que os gatos sonham porque, como os humanos, atingem o sono REM (movimento rápido dos olhos), um dos quatro estágios do sono que ocorre a cada 90 minutos. É durante o sono REM que a maioria das pessoas sonha, ou pelo menos lembra-se do seu sonho. O REM também está associado à manutenção de importantes vias neurais e à assimilação de novas informações.

 

Com que sonham os gatos?
Então, se eles, de facto, sonham, sobre o que sonham? Embora seja impossível saber ao certo, os sinais apontam para que sonhem com uma mistura de actividades diárias mundanas (como os sonhos dos humanos) e aventuras mais emocionantes, como perseguir ratos ou pássaros.

 

RELACIONADO:  O meu gato é normal?

Os gatos ressonam?
Além do rápido movimento dos olhos e espasmos que os gatos exibem durante o sono, já se deve ter apercebido que o seu membro peludo da família faz alguns barulhos. Os gatos são criaturas são refinadas que nunca admitiriam, mas alguns gatos realmente ressonam.

Durante um sono mais profundo e não REM, pode ser normal os gatos ressonarem. O ressono nos felinos pode ser atribuído a várias coisas, como dormir numa posição estranha, estar com excesso de peso ou ser braquicefálico (como os gatos persa ou himalaia).

Se achar que o seu felino está a ter problemas para respirar e tenta compensar através da respiração com a boca aberta, leve-o imediatamente a um médico veterinário. Outros sintomas a serem tidos em conta incluem secreção nasal, inchaço facial, espirros, tosse ou alteração da “voz”.

Partilha nas redes:

rickyunic

Um projecto com mais de 15 anos, onde apresento e abordo assuntos que me interessam a cada momento da vida. Desde humor, a saúde, passando pela tecnologia, a sexualidade e a espiritualidade. Tudo é válido neste espaço. Conto consigo para passar um bom momento a dois. Peace and Love. Carpe diem. Namastê.

Também poderá gostar de...