Quanto mais cedo entendermos que a vida está em constante mudança, mais felizes vamos ser

Partilha nas redes:

Toda a gente passa por um dia mau de vez em quando. Mas, às vezes, parece que não tem fim à vista a negatividade no nosso caminho. Dependendo da situação, pode ser absolutamente deprimente. É assim que você se sente agora? Tendo um dia difícil ou talvez uma semana difícil? Não conseguimos o emprego que queríamos, estamos chateados com o nosso melhor amigo, o nosso parceiro acabou a relação, os nosso vizinhos são mal educados e não respeitam o nosso espaço e tempo de descanso, os nossos colegas de trabalho lançam boatos e fofocas a nosso respeito, o nosso patrão não nos dá o merecido valor… enfim, a lista pode continuar indefinidamente. Mas é disso que se trata a vida. Os altos e baixos, como uma montanha-russa. Umas vezes estamos em baixo, outras em cima. Não há bem que sempre dure, nem mal que nunca acabe. E mesmo que por agora não pareça, as coisas vão melhorar. Vai encontrar novamente a felicidade. Há algumas coisas que podemos começar a fazer para nos sentirmos mais felizes rapidamente.

 

“A mudança é a única constante na vida” – Heráclito, filósofo grego

Uma importante lição de vida que o budismo nos ensina é que a vida está em constante mudança. Lembre-se disso quando estiver deprimido e a pensar que nunca mais vai sentir felicidade. Agora, pode estar a pensar – como isto vai ajudar? Mas, feche os olhos e pense nisso durante um minuto. A mudança constante significa que tudo é temporário. Incluindo a sua dor e tristeza.

A ideia da mudança constante é chamada de “Anicca“, que significa impermanência – diz respeito à constante mutação de todas as coisas que compõem o universo. A vida é fluída, pelo que nunca vamos repetir o mesmo momento duas vezes. Todos os dias são diferentes do dia anterior. O seu corpo mudou, envelheceu. Os seus pensamentos mudaram e o mundo ao seu redor também. Lembrar-se disto durante os dias mais difíceis pode ajudá-lo a lidar com toda essa dor e tristeza. Isso vai passar e não vai voltar. Por isso, aproveite todos os momentos da sua vida, pois cada momento é único e não se vai repetir.

Não basta pensar nisso quando estiver a sentir-se deprimido. Utilize esta lição de vida como uma forma de viver. Vai ficar surpreso com o controlo que tem sobre a sua própria felicidade. E você vai começar a apreciar todos os pequenos momentos da sua vida, sabendo que deve aproveitá-los enquanto pode.

 

“A felicidade não é um sítio para se chegar, mas uma maneira de viajar.” – Margaret Lee Runbeck

A felicidade não vai acontecer se não fizermos nada. Temos de fazer um esforço e trabalhar para isso. Se está triste, precisa de trabalhar ainda mais para a felicidade. Faça pequenos intervalos de relaxamento. Medite por 5 a 10 minutos e ouça algumas músicas motivadoras para mudar a direcção da sua energia. Relaxar ajuda quando estamos a lidar com muito stresse. Adicionalmente utilize óleo essencial de lavanda apara ajudar a relaxar.

Recuperar a sua felicidade é mudar o seu foco. Se você está triste, não fique sentado a pensar que está triste. Se está stressado, não fique obcecado com todas as coisas que precisa de fazer. Pare o que está a fazer. Levante-se. Estique-se e concentre-se noutra coisa. Tente fazer 50 polichinelos ou veja um vídeo de gatinhos fofinhos (isso não deixa todo o mundo mais animado?).

A chave para sermos mais felizes é lembrarmo-nos que a vida está sempre a mudar. Este momento não só é temporário como você tem controlo sobre como se sente. Quanto mais cedo entender isso, mais feliz você será. Faça desta lição de vida o seu mantra diário. Quanto sair da cama de manhã, repita para si mesmo: “anicca”. Isso vai ajudar a definir a sua mente para o novo dia.

Quando tudo falhar, lembre-se que cada pedaço de vida é um obstáculo. Use cada obstáculo para chegar mais perto do seu objectivo – a felicidade. Amanhã é outro dia. As coisas vão melhorar. O presente é tudo o que temos agora. Use-o para o seu crescimento pessoal.

 

RELACIONADO:  O que é a felicidade? E por que é importante?

Então, se está a ter um dia mau, experimente as seguintes técnicas:

Sorria – é brega, mas aparentemente é verdade: o acto de sorrir pode realmente fazer a diferença.

Pule – faça as suas endorfinas felizes com alguns pulos, polichinelos, ou qualquer outro exercício que seja confortável para si (prometo que não vou julgar a sua escolha – arrisque).

Cheire – a inalação do aroma de laranja (ou óleo essencial) ou lavanda pode reduzir a ansiedade e melhorar o seu humor.

Masque uma pastilha elástica – a acção repetitiva de mascar uma pastilha elástica pode promover o relaxamento e reduzir a ansiedade e o stresse.

Coma chocolate – como se fosse preciso um motivo para comer chocolate… mas comer chocolate pode fazer com que nos sintamos mais felizes.

Visualize o seu melhor “eu” – sejamos honestos: nenhum de nós é exactamente a pessoa que queremos o tempo todo. Mas imaginar o nosso “eu” ideal pode fazer com que nos sintamos melhores, mesmo quando temos quilómetros a percorrer antes de chegarmos lá.

Acenda uma vela – chamas tremeluzentes podem reduzir o stresse e ajudar-nos a sentirmo-nos melhores no espaço onde estamos.

Seja grato – pense ou escreva pelo que você é ou está grato. Mesmo que não haja tempo para escrever tudo, expressar gratidão cria um impulso instantâneo do humor.

Seja gentil – sim, ser gentil pode ajudar-nos a sentirmo-nos mais agradáveis e prestáveis. Pequenas acções – segurando a porta para a pessa atrás de si, enviando uma pequena mensagem de amor ou amizade a um parceiro ou amigo ou até fazer uma doação de 5 euros para uma causa.

Ouça música feliz – é rápido; é fácil; é um instantâneo impulsionador do humor. Cante em conjunto com a música (prometo que vou tapar os ouvidos) para obter um benefício extra.

Vá para um lugar calmo – mesmo que seja a casa de banho do seu escritório, dispense alguns minutos para se sentar num espaço silencioso, sem estímulos externos. Vai fazer maravilhas pelo seu mau humor.

Medite – a meditação é uma maneira rápida e eficaz de relaxar e melhorar a nossa visão, e pode até tornar-nos mais inteligentes. Apenas alguns minutos sentados em silêncio, concentrando na respiração, e talvez vocalizar alguns Oms (silenciosamente ou em voz alta).

Ria – o riso pode animar-nos e diminuir a ansiedade – e a melhor notícia é que não precisa ser genuíno para ter um efeito positivo. Assim, mesmo quando parece que não há absolutamente nada engraçado neste mundo, largar uma valente gargalhada pode mudar a ideia. Precisa de ajuda para começar? Visualize no youtube alguns vídeos de partidas a gatos fofinhos.

Faça sexo ou masturbe-se – se se sente irritado em casa ou noutro lugar privado, o orgasmo pode suavizar a sua tristeza.

Ligue para um amigo optimista – se quer ser feliz e calmo, passe um tempo com pessoas calmas e felizes. Mesmo que apenas tenha uns minutos livres, ligue para um deles.

Coma de bom humor – nós somos o que comemos, então afaste a infelicidade da sua refeição. Utilize as refeições para melhorar o seu humor. Aumente a sua felicidade, escolhendo um local agradável para comer, acender uma vela e agradecer a si (ou a Deus) a sua refeição.

Celebre as boas memórias – veja fotos de momentos felizes ou pense em lembranças positivas. A nostalgia pode desencadear felicidade.

 

RELACIONADO:  Aprenda a dominar a arte de dizer não

Dê tempo a sí próprio. Não podemos forçar-nos a estar de bom humor, mas a boa notícia é que o mau humor não fica para sempre. No entanto, se o seu mau humor durar mais de duas ou três semanas seguidas, pode ser uma boa ideia procurar ajuda profissional, pois isso pode ser um sinal de depressão, e às vezes necessitamos de um empurrãozinho para sair dessa zona mais escura – é perfeitamente legítimo e compreensível.

Partilha nas redes:

rickyunic

Um projecto com mais de 15 anos, onde apresento e abordo assuntos que me interessam a cada momento da vida. Desde humor, a saúde, passando pela tecnologia, a sexualidade e a espiritualidade. Tudo é válido neste espaço. Conto consigo para passar um bom momento a dois. Peace and Love. Carpe diem. Namastê.

Também poderá gostar de...